Aguarde enquanto a página carrega

RCC eu amo eu cuido
Congresso Arquidiocesano da RCC São Luís mobiliza centenas de católicos

A Renovação Carismática Católica da Arquidiocese de São Luís do Maranhão realizou nos dias 01 e 02 de setembro, o seu Congresso Arquidiocesano na sede da RCC no Angelim. O evento contou com a participação de dois membros do Conselho Nacional da RCC Brasil, Luiz César Martins que coordena a Comissão de Projetos Institucionais da RCC Brasil e Josirene França, coordenadora nacional do Ministério de Intercessão, além de Robert Gonçalves, coordenador da RCC na Arquidiocese de São Luís e Frei Wanderlan, assistente espiritual do movimento na Arquidiocese.

Sob o tema “Eis que estou à porta e bato” (Ap 3, 20b) que conduz todo o movimento em 2018, o evento reuniu todos os grupos de oração da Arquidiocese, e muitos foram os testemunhos de reavivamento e comprometimento com a missão, com a Igreja. Num dos momentos de Adoração ao Santíssimo Sacramento, o Senhor colocava fortemente nos corações a certeza do Seu amor por todos, gratuito e generoso e a necessidade de que todo o povo de Deus coloque-O como o centro de suas vidas, que Ele seja sempre prioridade.

“Grupo de Oração, a alma da Renovação” foi o tema da pregação de Robert, coordenador arquidiocesano da RCC São Luís. Num determinado momento, ele disse: “Nós somos chamados a louvar, bendizer nossos Grupos de Oração, célula do nosso movimento e de onde surgem novas vocações, chamados para a obra de Deus e de onde provém toda a força necessária pra fortalecer a comunidade, a paróquia.

Já Luiz César Martins em sua primeira pregação, enfatizou a importância da intimidade com Deus, sem a qual não é possível alcançar o objetivo maior, que é ganhar o céu. Destacou a importância da oração e das obras de caridade, além da vivência dos sacramentos para que a proximidade com Deus se concretize.

Em 2019 a RCC Brasil comemora seu Jubileu de Ouro, sendo que o movimento discerniu por instituir 3 temas preparatórios (2017, 2018 e 2019) para a grande festa no próximo ano. Em 2018, somos chamados a viver a “Conversão Sincera” e em 2019, “Comunhão Fraterna”. A preparação para este grande Jubileu foi tema da segunda pregação de Luiz César Martins, onde ele destacou a importância do cuidado com o Grupo de Oração, para que ele seja de fato um local que acolhe, e que permita a experiência transformadora dos irmãos através da manifestação do Espírito Santo. “Que nossos grupos de oração não sejam locais restritos, mas abertos e convidativos a todo o povo de Deus”, concluiu.

Durante o Encontro, houve também paralelamente, o Congressinho, evento de evangelização voltado para as crianças. Pregações, brincadeiras e momentos de oração e Adoração ao Santíssimo fizeram parte da programação.

A moção “Eis que estou à porta e bato” é um chamado do próprio Senhor para que o povo de Deus abra de fato os corações ao novo que Deus quer fazer. Abrir a porta do coração, significa permitir que Deus coloque ali no centro de tudo, a Sua vontade, o Seu amor para que de fato uma nova geração se levante. Como diz a Palavra, onde está o teu coração, ali está o teu tesouro.

Os Congressos Diocesanos da RCC continuam acontecendo em todo o Estado do Maranhão até o mês de novembro. Fique atento aos nossos veículos de comunicação conferindo de perto as agendas diocesanas e não perca a oportunidade de vivenciar momentos de graça e profunda alegria na presença de Deus.


Fonte: Comunicação

Publicidade

HOJE TEM GRUPO DE ORAÇÃO 12